O Trabalho Social

O Trabalho Social

Estar Para Servir

Alfredo Assumpção sempre norteou sua vida pelo princípio "Estar Para Servir". Em muitos de seus livros essa é a tônica de seus ensinamentos. O prêmio ELEANOR H. REYNOLDS - AESC o reconhece por esse seu lado humano. Em 07 de março de 2012, foi o primeiro brasileiro a receber o prêmio Eleanor H. Reynolds, promovido pela Association of Executive Search Consultant (AESC), em reconhecimento ao seu engajamento em trabalhos voluntários. A premiação é o resultado do histórico de Alfredo Assumpção no uso de sua profissão, em palestras e contatos com agentes de mudanças, os líderes, visando influenciá-los para um capítulo real de sustentabilidade e melhoria da ambiência planetária. É um esforço que continua fazendo, mesmo depois de aposentado, valendo-se agora de suas músicas e poesias, além de textos que redige com essa finalidade: "Estar Para Servir". "Se todos nos servirmos mutuamente em nossa capacidade máxima mudaremos para melhor nossa ambiência planetária e faremos mais de 7 bilhões de pessoas felizes. E pessoas felizes estão com Deus. Estando com Deus não haveremos de querer mal ao próximo. Reduziremos as desavenças e guerras no planeta", nos ensina. Seu livro"Felicidade, o Deus Nosso de Cada Dia" é uma prova viva de suas crenças, valores e atitudes.
O Reciclar

Alfredo foi membro mantenedor por alguns anos do Instituto de Reciclagem do Adolescente. Ao se aposentar, mudou-se para o Rio de Janeiro e resolveu deixar de ser membro. Resolveu ajudar a sociedade brasileira de outra forma. O Instituto foi fundado em 1995 por um grupo de executivos e empresários que desejavam contribuir para a transformação da realidade social do País e, ao mesmo tempo, atuar na preservação do meio ambiente. Localizado próximo à favela do Jaguaré, zona oeste da cidade de São Paulo, o Instituto produz diversos artigos em papel reciclado e oferece aos adolescentes da região, por meio do Programa Educação para o Trabalho e Cidadania, a oportunidade de construir uma história de vida digna. O projeto teve início com 12 jovens, e chegou a atender mais de 120. Em 2004, recebeu o Prêmio Bem Eficiente pela atuação de destaque entre as ONGs brasileiras, e em 2007 foi indicado pelo Pacto Global das Nações Unidas como uma das instituições de mais credibilidade e profissionalismo no mundo. No primeiro semestre de 2008, inaugurou sede própria, ampliando sua capacidade de produção e mix de produtos, o que confirma o sério trabalho desenvolvido com os adolescentes e a excelência dos produtos oferecidos ao mercado. Desde 1995, mais de 250 jovens passaram pelo projeto. 75% deles estão atualmente empregados. Uma das histórias lindas do Reciclar é a de uma moça que cumpriu todas as etapas do programa e havia se formado em Psicologia. Seu sonho era trabalhar com Recursos Humanos. Passou em todos os testes e entrevistas na Fesa e construiu uma carreira em retained executive search indo de Assistente de Pesquisa até a posição de Sócia Consultora na Fesa. Atualmente encontra-se em uma empresa onde divide sociedade com outras pessoas. Visite o site http://www.reciclar.org.br e conheça em detalhes o Instituto.



United Grand Lodge of England

Alfredo Assumpção foi mestre maçom da United Grand Lodge of England. A Grande Loja Unida da Inglaterra é o corpo diretivo da Maçonaria na Inglaterra e em País de Gales, embora tenha Lojas jurisdicionadas em outros países, em especial membros da Commonwealth. É a principal Obediência Maçônica do mundo, sendo a mais antiga Potência em atividade. Fundada em 24 de junho de 1717, totaliza em torno de 200 mil membros ou irmãos, como se autointitulam, no mundo, com 7.000 lojas (grupo de maçons reunidos) por todo o globo. Sempre foi sua intenção e teve como objetivos, pessoal e humano, melhorar a ambiência planetária. Na maçonaria ele conseguiria ajudar os homens a reforçarem o seu caráter, a melhorar sua bagagem moral e espiritual e aumentar seus horizontes culturais. Sempre respeitando um ranking de responsabilidade que incluía, nesta ordem, o trabalho, a família, a sociedade e em último plano a maçonaria. Na maçonaria participou de "n" projetos assistenciais de ajuda aos desassistidos, enfermos ou não, hospitais e casas de amparo a idosos ou crianças abandonadas. Embora tenha se afastado fisicamente da maçonaria, continua atuando como tal, exigindo de si mesmo e de outras pessoas a "retitude" necessária e indispensável para que as pessoas consigam interagir enquanto seres humanos, respeitando e se fazendo respeitados.



Grupo Gurdjieff

Frequentou o Grupo Gurdjieff de São Paulo por 3 anos. Essa é uma escola esotérica de estudo interior, que ajuda o participante a entender suas origens, seu estado presente e para onde está seguindo. "Se nem a ti mesmo conheces, como haverias de querer ajudar teu irmão?" Nessa escola, aprendeu a se autoconhecer e a conhecer melhor cada pessoa, o que o ajudou muito na evolução em sua carreira e no seu desenvolvimento como ser humano. Seu livro"Gestão sem Medo - como ser feliz no mundo corporativo - muito se pode criar, tudo se pode mudar" mostra em detalhes como evoluiu como ser humano e como conseguiu entender e melhor transformar sua empresa num ser vivo, com espírito, alma e corpo e que, como tal, deveria ser gerida.



Jardins Video

Essa foi uma empresa, videolocadora, que Alfredo Assumpção, com mais 55 sócios tentaram operacionalizar no Brasil e não deu certo. A empresa foi liquidada e no final sobraram haveres de pequena monta para cada sócio. A grande maioria resolveu fazer doações à Institutos de Caridade. A Instituição de Acolhimento de Sapucaia ( Abrigo de menores abandonados ou com pais vivendo em desarmonia), na cidade de Sapucaia - RJ recebeu a metade da doação. A outra metade foi doada  para o Asilo São Vicente de Paula (Lar dos Pobres São Vicente de Paula) localizado em Itirapina,  interior de São Paulo. Sobraram alguns recursos do fechamento da empresa de propriedade de alguns sócios não encontrados. Esses recursos estão aplicados numa caderneta de poupança para reembolso aos sócios que reaparecerem, a seu critério. Caso não queiram seus haveres financeiros, haverá uma nova boa ação de doação para os mesmos institutos, previamente aprovados por maioria da sociedade.



O SIFE

Alunos de Sam Walton no Programa Free Enterprise (SIFE)

A Equipe SIFE de 1997 recebeu os prêmios "O Novato do Ano" e "Melhores da Região".

O SIFE (Programa Students in Free Enterprise) é uma organização sem fins lucrativos emocionante, intrigante e fantástica da qual todos os alunos no mundo podem participar. O objetivo da organização é apresentar e educar a comunidade sobre o sistema de livre mercado e os benefícios da livre empresa e das economias de mercado. A declaração de missão deles, "Diga-me e eu esquecerei; ensine-me e talvez me lembre; envolva-me e eu entenderei" mostra o propósito do SIFE: incentivar o envolvimento do aluno para entender completamente os conceitos e ideias. O SIFE cria verdadeiras olimpíadas do saber colocado em prática em cada país, de onde sai uma equipe campeã para disputar um torneio mundial estudantil nos EUA. As equipes de alunos são avaliadas por uma bancada de juízes convidados, que incluem empresários, executivos de alto nível e autoridades governamentais. A dedicação e determinação do SIFE em conscientizar o público em geral sobre novos acontecimentos sobre a economia são evidentes nas atividades que eles fornecem. Nesses torneios, os trabalhos em equipe sempre devem se voltar para o bem estar da comunidade. O melhor trabalho vence o torneio em cada país e nos EUA. Em geral, o SIFE conecta líderes executivos de hoje com os líderes executivos de amanhã, por meio de projetos que melhoram a qualidade e padrão de vida de pessoas pelo mundo todo. A organização existe em mais de 40 países e proporciona aos universitários a oportunidade de usar os conhecimentos sobre negócios adquiridos em sala de aula, aplicando-os na prática para solucionar demandas reais, de pessoas reais, enquanto também desenvolvem suas habilidades para se tornarem efetivos líderes empresariais. (visite o site  http://www.sife.com.br para conhecer mais).

Por exemplo, as equipes de estudantes podem apresentar programas como os que seguem:

* Dicas aos residentes sobre como evitar serem alvo de golpes de lixo eletrônico;

* Aula para os alunos do ensino médio sobre a importância da economia e a maneira como o mercado de ações opera;

* Feiras do saber onde potenciais empregadores são comparados com potenciais empregados;

* Criação de oficinas na Internet;

* Discussão e comprovação da importância da publicidade;

* Criação de comerciais exclusivos para atrair os consumidores para comprar determinados produtos;

Alfredo Assumpção recrutou gratuitamente, sem qualquer despesa para o SIFE, seu primeiro presidente da operação no Brasil. Atuou como conselheiro no Board da operação no Brasil e cedeu as dependências da Fesa para a instituição fazer suas primeiras reuniões. Depois de se conscientizar de que seu papel no conselho do SIFE lhe iria tomar muito tempo e que iria atrapalhar sua vida profissional na Fesa, sentiu-se na obrigação de dar como cumprida sua fase de ajuda ao projeto e deixou o Board, mas continuou acompanhando tudo à distância se disponibilizando para sempre que possível ajudar. Não foi por acaso que usou de sua competência como recrutador de pessoas para recrutar dentre os estudantes competidores no SIFE diversos Assistentes de Pesquisa para a Fesa, em diversas cidades do país. Como pode constatar, eram profissionais de excelente nível e padrão moral e educacional, bem acima da média, independentemente da escola que haviam cursado.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home